SBU e Ministério da Saúde estudam acordo de cooperação

Em reunião on-line realizada no dia 14 de outubro, a Sociedade Brasileira de Urologia foi convidada pelo Ministério da Saúde para assinar um acordo de cooperação em prol da saúde do homem.

Participaram do encontro o secretário de Atenção Primária à Saúde do Ministério, Dr. Raphael Câmara Medeiros Parente, o coordenador nacional de Saúde do Homem, Dr. Francisco Norberto Moreira da Silva, o secretário-geral da SBU, Dr. Alfredo Canalini, o diretor de comunicação, Dr. Roni Fernandes, a editora-chefe do BODAU e da Urologia Essencial, Dra. Karin Anzolch, e a assessora de imprensa da SBU, Aline Thomaz.

O Ministério da Saúde quer participar da campanha Novembro Azul de conscientização sobre a saúde do homem, em parceria com a SBU, e fará uma solenidade no Palácio do Planalto para lançamento da ação, que contará com a publicação de uma portaria sobre saúde do homem.

Dr. Canalini falou sobre as ações que a SBU realiza desde 2004 em prol do câncer de próstata e o surgimento do Novembro Azul. “Nosso enfoque não é o rastreamento populacional e sim de diagnóstico precoce. A população de risco tem que ser avisada de que está em risco. E depois ela decide o que vai fazer. A mensagem não pode deixar de ser enviada”, disse.

Dr. Roni ressaltou a relevância de unirem forças. “A participação do Ministério da Saúde e do Inca é muito importante”. Dra. Karin complementou agradecendo o convite do ministério para que as instituições façam uma campanha em conjunto.

O secretário de Atenção Primária à Saúde do Ministério falou das ações que estão fazendo sobre o Outubro Rosa e que querem repetir no Novembro Azul. “Tudo o que temos feito é para beneficiar a população. Sou médico. Todas as nossas ações são baseadas em evidências científicas. Criamos grupos de trabalho técnicos para estudar a campanha, e a ideia é que ela seja realizada com a participação de todos”, afirmou Dr. Raphael Câmara Medeiros Parente.

O coordenador nacional de Saúde do Homem também apontou o benefício em longo prazo da união de forças. “Vamos juntar a capacidade técnica e potencializar as ações em prol da saúde do homem no país. O SUS é uma referência para vários países. A SBU tem muito a agregar. É uma parceria muito gratificante”, enfatizou Dr. Francisco Norberto Moreira da Silva.

Uma segunda reunião ficou agendada para a próxima semana para fechar os detalhes.

Comments are closed.