Exclusivo associados

Efetue login para acessar todo conteúdo exclusivo para associados da SBU.

Dados não conferem. Por favor, tente novamente.
Ainda não é associado? Clique aqui
23/12/2020

Pesquisa da SBU revela que adultos minimizam ISTs por se acharem “fora de risco”

A cada dia, mais de um milhão pessoas contraem Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Pensando na importância de conscientizar a população sobre riscos e fomentar a prevenção das ISTs, a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) abraça a Campanha Dezembro Vermelho, ação nacional de prevenção ao HIV/Aids e outras ISTs.

Esta necessidade ficou mais evidente após a realização de duas pesquisas feitas pela SBU para avaliar os impactos da pandemia na saúde dos adultos e adolescentes. De acordo com os dados da pesquisa com os adultos, 80% dos entrevistados afirmaram saber sobre as ISTs, porém não se consideravam em risco. Somente 11% afirmou ter consciência sobre as doenças e o real risco que correm caso mantenham relações sexuais desprotegidas. A pesquisa on-line contou com 479 respondentes, sendo 78% homens e 22% mulheres, de 22 estados brasileiros.

Já a outra pesquisa mostrou que dos adolescentes entre 12 a 18 anos ouvidos, 15% já tiveram uma iniciação sexual, sendo que 44% não usaram preservativo na primeira relação sexual e 35% não usam ou usam raramente o preservativo nas relações sexuais. Ainda, 38,57% dos meninos revelaram não saber sequer colocar o preservativo.

Para os jovens, sexo ainda é um tabu, pois 41,67% deles afirmou não conversar com ninguém acerca de sexo, sendo a família e a escola pouco acessadas para a busca de informações, o que os torna mais vulneráveis a conteúdos falsos ou sem qualidade na internet. Os dados se referem a 267 participantes, sendo 170 meninos e 87 meninas de 12 estados brasileiros, estudantes de escolas públicas e privadas.

Segundo o presidente da SBU, professor Antonio Carlos Pompeo, a melhor forma de prevenção é através do diálogo e disseminação de informações de qualidade. “A sexualidade não deve ser encarada como um tabu para podermos discutir com os jovens e os adultos sobre potenciais riscos, consequências da relação sexual desprotegida, bem como as melhores formas de prevenção às ISTs”, afirma ele.

Ações

Por conta da pandemia, as ações serão realizadas virtualmente tanto nas redes sociais (@portaldaurologia), assim como o Portal da Urologia (www.portaldaurologia.org.br), que terão conteúdos voltados ao público, com objetivo de trazer informação de qualidade e com linguagem acessível. Também serão produzidos programas semanais de podcasts para a Rádio SBU abordando o tema.

Para o Diretor do Departamento de Infecção da SBU, Dr. Jose Carlos Trindade Filho, a pesquisa da SBU com os adolescentes evidenciou um dado importante. “Os jovens brasileiros se colocam em comportamento sexual de risco ou por desconhecimento ou por despreocupação. A campanha Dezembro Vermelho é uma grande oportunidade para a sociedade civil e médica discutirem o tema das infecções sexuais transmissíveis com seus filhos, amigos e pacientes. Lembro que proteger a si e ao seu parceiro ou parceira é uma demonstração inequívoca de amor ao próximo”, afirma.

MAIS INFORMAÇÕES À IMPRENSA:

Vithal Comunicação Integrada

Aline Thomaz alinethomaz@vithal.com.br (21)99846-1967 e (21)98880-3245

Maria Amélia Saad maria.saad@vithal.com.br (21) 98078-3545

 

Veja também:

02/02/2024

Brasil registrou média superior a 600 amputações de pênis nos últimos 10 anos

De 2012 a 2022 país ultrapassou 21 mil casos de câncer de pênis; Sociedade Brasileira de Urologia alerta que esse tipo de tumor pode ser prevenido com ações simples como higiene adequada e vacinação contra o HPV

leia mais
01/12/2023

Apenas um terço dos homens se considera muito preocupado com a sua própria saúde

46% dos homens acima de 40 anos só vão ao médico quando sentem algo. Esse número aumenta para 58% se...

leia mais
06/09/2022

Ida de meninos ao urologista é cerca de 18 vezes menor que a das meninas ao ginecologista, mostra levantamento inédito da SBU

Na 5ª edição da campanha #VemProUro, Sociedade Brasileira de Urologia enfatiza a importância de o menino cuidar da sua saúde...

leia mais

Este site usa cookies

Leia nossa política de privacidade. Se estiver de acordo, clique em aceitar para autorizar o uso de cookies.

Aceitar