O que é testosterona?

Hormônio masculino só deve ser reposto quando há sua baixa. Caso contrário há mais riscos que benefícios

Você sabe o que é a testosterona? Como ela age? Porque ela é importante para a vida do homem?

O Portal da Urologia esclarece suas dúvidas na entrevista abaixo. Confira:

O que é testosterona?

A testosterona é um andrógeno (hormônio masculino) produzido preferencialmente nos testículos e responsável pela diferenciação sexual (características próprias ao sexo).


“Seu declínio está relacionado às alterações físicas e psíquicas nos homens, associado ao envelhecimento”


Qual a ação da testosterona?

Tradicionalmente está relacionada ao desejo sexual masculino e à potência sexual, mas também tem atuação em diversos órgãos e sistemas no organismo. Seu declínio está relacionado às alterações físicas e psíquicas nos homens, associado ao envelhecimento.

Qual a importância da testosterona na fertilidade masculina?

A testosterona é um hormônio fundamental no processo de produção (espermatogênese) e amadurecimento dos espermatozoides.

Posso tomar testosterona para ficar mais fértil?

Não pode e explico o motivo:

noticia

No esquema acima está resumida a forma do controle hormonal da produção de testosterona e dos espermatozoides, pelos testículos. A hipófise, em resposta ao estímulo do GnRH (Hormônio Liberador de Gonadotrofinas), produz LH (Hormônio Luteinizante) e FSH (Hormônio Foliculoestimulante), os quais estimulam os testículos a produzirem testosterona e espermatozoides. Em contrapartida, os níveis de testosterona inibem a produção de FSH e LH.

Dessa forma, se você usar testosterona exógena (qualquer forma de utilização do hormônio – gel, injeções, comprimidos, etc.), isso causará um aumento além do normal dos níveis do hormônio no sangue, parando a produção natural de hormônio e dos espermatozoides, o que chamamos de bloqueio hipofisário. Esse bloqueio impede a produção de espermatozoides e compromete a fertilidade. Por esse motivo é que não se deve usar testosterona como tratamento de infertilidade masculina.

Em quais casos é indicada a reposição hormonal com testosterona?

O uso da testosterona tem somente uma indicação, que é naquele indivíduo que tem sinais de hipogonadismo (baixa do hormônio) e confirmação laboratorial que os níveis de testosterona estão baixos. Caso contrário, existem mais riscos que benefícios.

Dr. Marcelo Vieira – São Paulo, SP

Leave A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.