Congresso Brasileiro de Urologia

[vc_tabs interval=”0″]

Palestrantes internacionais vão ministrar diversos cursos para os urologistas

De 31 de outubro a 4 de novembro cerca de 5 mil especialistas estarão reunidos no XXXV Congresso Brasileiro de Urologia no Rio de Janeiro. O maior encontro da especialidade realizado na América Latina possibilitará aos participantes atualização quanto às novidades da área. Vinte e dois convidados internacionais de Estados Unidos, Reino Unido, Holanda, Índia e Alemanha estarão compartilhando suas experiências na Urologia ao redor do mundo.

Na programação científica diversas discussões prometem despertar o interesse dos urologistas. Entre os assuntos estão:

done-2  Pequenas massas renais: nefrectomia parcial por minilombotomia vs laparoscopia/ robótica vs terapias ablativas;
done-2  Tratamento cirúrgico minimamente invasivo e endoscópico da HPB;
done-2  Discussão de casos clínicos: ureterolítíase proximal e terço médio;
done-2  Aspectos práticos de infertilidade para o urologista geral;
done-2  Fertilidade do homem após tratamento com quimio/radioterapia;
done-2  Avaliação do homem infértil;
done-2  Novos avanços na abordagem do fator masculino;
done-2  Doença de Peyronie ? Como eu trato em 2015 e o que há de novo no horizonte;
done-2  Condutas no tumor não músculo invasivo da bexiga;
done-2  Uso e eficácia da cistoscopia com luz azul no tumor de bexiga;
done-2  Maximizando a RTU e re-RTU de Bexiga: técnicas do MSKCC;
done-2  Como e quando eu uso quimioterápicos ou BCG pós-RTU;
done-2  Recidiva precoce e tardia com BCG;
done-2  Prostatectomia radical e comparação entre suas várias técnicas;
done-2  Da aberta para a robótica (para a terapia focal?).

Veja a programação completa no site: www.cbu2015.com.br.

Clique na imagem abaixo para fazer sua inscrição on-line no site do Congresso:

cbu_15_inscricoes


Taxas de Inscrição – Valores expressos em R$

Categoria Até 16/10/2015 Após 16/10/2015 
e no local
Médicos sócios da SBU – Membros adimplentes
700,00
900,00
Médicos não sócios da SBU
1.400,00
1.800,00
Residente sócio da SBU – Membros adimplentes 1
350,00
450,00
Residente não sócio da SBU 2
700,00
900,00
Estudante de Graduação 3
350,00
400,00
Outros profissionais de saúde 4
550,00
600,00
Acompanhante
100,00
100,00
Sócios Remidos SBU
Cortesia
Cortesia

1 Declaração da instituição onde reside datada, carimbada e assinada e estar quites com sua obrigação no vigente na Sociedade.
2 Declaração da instituição onde reside datada, carimbada e assinada.
3 Comprovante de matricula fornecido por órgão credenciado da instituição de origem.
4 Declaração da instituição onde trabalha ou carteira do respectivo conselho.

Bate-papo com convidados internacionais

 

cbu_15_convidados

 

A seguir, Christopher Chapple, cirurgião urológico do Royal Hallamshire Hospital, professor da University of Sheffield e da Sheffield Hallam University e secretário-geral da European Association of Urology, e Fernando Kim, professor de cirurgia urológica da University of Colorado Denver, chefe da Urologia do Denver Health Medical Center e diretor de Oncologia Genitourinária do Colorado Cancer Center, explicam o que pretendem apresentar no Congresso.

 

SBU Online – Qual a sua expectativa para o CBU 2015?

Christopher Chapple – Tive o privilégio de participar de duas edições do Congresso Brasileiro de Urologia. Como secretário-geral da European Association of Urology (EAU), procuro, com os meus colegas, estreitar os laços com o Congresso Brasileiro de Urologia. Pretendo contribuir para o encontro e também aprender os mais recentes avanços em Urologia. Aproveito para convidar os colegas brasileiros para a próxima reunião da EAU, em Munique, em 2016 (http://eaumunich2016.uroweb.org/). Trabalhamos pela forte e crescente colaboração entre as duas Sociedades.

Fernando Kim – A SBU continua liderando a Urologia na América do Sul e em vários aspectos na Urologia mundial. Vários formadores de opinião em Urologia estarão no CBU 2015. Para mim e para a American Urological Association essa confraternização e trocas de informações científicas são vitais para o engrandecimento da especialidade. Nesses encontros firmamos vários acordos de interesse aos urologistas. Essa ponte criada pelas nossas Sociedades (SBU e AUA) é um vínculo essencial para curar as doenças urológicas, melhorar a qualidade dos nossos tratamentos e enriquecer o portfólio de avanços científicos da Urologia mundial. Considero uma honra representar a AUA na SBU e por isso a minha expectativa sempre é manter esse laço de amizade e engrandecimento científico para que gerações futuras possam liderar a Urologia mundial.

 

SBU Online – Que assuntos pretende abordar no CBU 2015?

Christopher Chapple – Apresentarei os seguintes temas: Management of Urinary Incontinence: where are we in 2015?, Urethral reconstructive techniques, Benefits of being a member of the EAU e Stem cells in reconstructive surgery. Apresentarei os guidelines da EAU quanto a esses assuntos e também ouvirei os pontos de vista dos especialistas brasileiros sobre esses temas para que possa aprender com suas experiências.

Fernando Kim – Como sempre todas as subespecialidades urológicas serão representadas no CBU 2015. Haverá sessões incluindo: infertilidade, câncer, disfunção sexual, tecnologia de laser, cirurgia minimamente invasiva, microcirurgia, problemas urológicos epidemiológicos, geriátricos pediátricos, femininos, etc. Estudos genéticos de identificação de doenças urológicas têm avançado rapidamente. Marcadores genéticos para identificar doenças e gerenciar os tratamentos estão sendo investigados incessantemente em área de câncer, disfunção urológica e envelhecimento precoce de órgãos. Serão com certeza palestras e estudos que poderão mudar o paradigma de certos tratamentos.

cbu_15_cursos

[/vc_tabs]

Comments are closed.